Oracle NetSuite vs SAP Business One, qual ERP eu preciso?

Oracle NetSuite ERP ou SAP Business One – qual ERP é o mais adequado para seu negócio? Sabemos que a escolha não é fácil, por isso colocamos dois dos sistemas mais populares do mercado no ringue para descobrir qual é o melhor.

Mas antes de continuar, você sabe o que é um ERP? Um Enterprise Resource Planning, mais conhecido como ERP, é um sistema de software que permite que sua empresa tenha uma gestão integrada e centralizada de seus processos (financeiro, logística, compras, faturamento, RH), racionalizando-os e reduzindo tempo, custos e esforço.

Ao procurar um ERP para sua organização, é provável que Oracle NetSuite e SAP Business One estejam entre as principais escolhas. Isto não é coincidência, pois ambos são os sistemas ERP mais populares no mercado.

À primeira vista, as soluções ERP oferecidas por ambos podem parecer similares; entretanto, há uma série de diferenças entre o SAP e o Oracle que devem ser levadas em conta para determinar qual delas se adapta melhor às necessidades de seu negócio.

Comparação SAP B1 vs Oracle NetSuite ERP

Para esclarecer quaisquer dúvidas e ajudá-lo a saber qual software implementar, colocamos Oracle NetSuite e SAP B1 no ringue em um duelo de cinco “rounds” onde analisaremos o desempenho de cada um considerando fatores específicos como: atualizações de sistema, personalização, ferramentas de análise, escalabilidade e suporte contínuo.

Round 1: atualizações do sistema

NetSuite ERP oferece atualizações automáticas duas vezes por ano

Devido ao ambiente de mudança em diferentes indústrias, é importante para um ERP moderno oferecer atualizações regulares do sistema com novas funcionalidades e melhorias, permitindo que as organizações se mantenham a par das últimas tendências.

No caso do Oracle NetSuite, é o fornecedor do sistema que é responsável pela manutenção das bases de dados, servidores e execução das atualizações de software. O NetSuite ERP oferece atualizações automáticas duas vezes por ano. Assim, sendo uma solução em nuvem, 100% dos clientes que utilizam Oracle NetSuite têm a versão mais recente.

SAP é diferente e fica atrás de seu concorrente: o SAP Business One pode ser implementado no local ou em uma nuvem privada. Em outras palavras, as empresas terão que coordenar as atualizações do sistema com um projeto de migração de tempos em tempos. Em outras palavras, a atualização exigirá uma gestão adicional por parte do cliente. Eles também podem optar por permanecer na versão anterior, embora não tenham acesso às novas funcionalidades do software.

Portanto, quando se trata de atualizações de sistema, o NetSuite vence esse round.

Round 2: personalização

NetSuite utiliza a plataforma SuiteScript, baseada em JavaScript, uma linguagem de programação universal, para personalizar e automatizar os processos administrativos na empresa. Usando SuiteScript APIs, as informações do usuário e os registros centrais de negócios podem ser acessados e manipulados.

Entretanto, o SAP B1 decidiu usar sua própria linguagem de desenvolvimento com a quarta geração de Advanced Business Application Programming (ABAP/4). Isto pode ser entediante, pois só depois de dominar esta linguagem é que o usuário poderá acessar o ambiente de desenvolvimento SAP completo chamado ABAP Development Workbench.

Em termos de personalização, o SAP B1 perde mais uma vez o assalto. Ponto para o NetSuite.

Round 3: Ferramentas de análise

Como proprietário do ERP Oracle NetSuite oferece ao usuario a disponibilidade total do sistema

O Oracle NetSuite Business Intelligence oferece ferramentas de análise simples e proprietárias. Ou seja, sem exigências de programação ou recursos técnicos. Desta forma, ele proporciona a agilidade necessária para conhecer em tempo real o desempenho das diferentes áreas da empresa, identificar desafios e oportunidades para uma rápida tomada de decisão; tudo isso em uma única fonte de dados.

Por outro lado, o uso das ferramentas analíticas do SAP Business One varia de acordo com o sistema operacional. Por exemplo, para obter informações detalhadas e visibilidade comercial em um sistema Linux, o SAP utiliza a tecnologia de banco de dados HANA. Para Windows, outro servidor compatível, como o Microsoft SQL, é recomendado.

Aqui, vemos como o equilíbrio é positivo para o NetSuite: como proprietário do ERP, banco de dados e host, o Oracle NetSuite fornece ao usuário a disponibilidade total do sistema. Isto significa que se alguma vez houver um problema com qualquer um dos três elementos, o NetSuite irá detectá-lo instantaneamente e será capaz de oferecer uma solução adequada à empresa. Enquanto isso, o SAP B1 acaba de iniciar o caminho da integração, incorporando o ERP com seu próprio host.

Round 4: Escalabilidade

Um ERP deve proporcionar a versatilidade necessária para acompanhar a empresa em diferentes momentos: desde seus estágios iniciais de crescimento até quando ela opera em diferentes países. 

Oracle NetSuite permite que, à medida que a empresa cresce, possa consolidar as informações de diferentes filiais de uma empresa na mesma solução, já que é uma plataforma que possui todas as “multis”: multimoedas, multipaíses e multiempresa.

Embora o SAP Business One permita uma operação em várias empresas, é necessário realizar uma série de configurações e procedimentos anteriores para compartilhar informações entre filiais e evitar as famosas “duplicidades” ao gerenciar e monitorar unidades de negócios separadas.

O duelo até agora tem a Oracle NetSuite com uma grande vantagem.

Round 5: suporte contínuo

Estando disponível como Software como serviço (SaaS), o Oracle NetSuite ERP é oferecido em uma taxa base mensal que pode incorporar mais usuários, dependendo do tamanho e projeção da empresa. O NetSuite tem clientes de diferentes escalas: empresas pequenas, médias e até globais, como Michael Page. Independentemente do tamanho da operação, o sistema NetSuite funciona de forma eficiente. 

O SAP oferece diferentes soluções, dependendo do tamanho da empresa. O SAP Business One é projetado para empresas menores. Cada vez que você atingir o limite, terá que migrar para outra solução corporativa como o SAP ERP, o que leva a empresa a passar por um novo processo de implementação.

Levando estes critérios em consideração, o NetSuite vence o concurso de knock-out utilizando apenas fatos concretos. Pode surpreendê-lo, mas até os resultados do último estudo do Gartner confirmam esses dados, ilustrando desta forma o panorama do mercado de ERP:

Oracle NetSuite aparece no quadrante "Líderes" no estudo do Gartner

A pesquisa de competitividade do Gartner propõe 4 quadrantes definidos por 2 critérios: “quão completa é a visão” e “quão habilidosa é para executar”. Pelas razões que vimos nos parágrafos anteriores, o Oracle NetSuite aparece no quadrante “Líderes” por ter o mais alto desempenho em ambos os critérios. 

Um ERP líder como Oracle NetSuite tem parceiros da mesma estatura. Na América Latina, seu principal parceiro é a LatamReady: ao conversar com a equipe de especialistas da LatamReady, você terá uma visão concreta e fundamentada das necessidades reais de sua empresa. Além disso, possui um sólido sistema de suporte ao cliente e demonstrações personalizadas (gratuitas) que permitem ao Oracle NetSuite ganhar todos os concursos da região.

LatamReady: parceiro do campeão do ERP

Você pode agendar uma reunião em nossa página de contato

Published by LatamReady: Oracle NetSuite Latin America

Founded in 2009, we have over a decade of experience implementing Oracle NetSuite in multiple industries and helping international corporations unlock growth with the LatamReady SuiteApp, an integrated Tax Compliance solution within Oracle NetSuite for 18+ countries in Latin America, including Brazil, Mexico, Colombia, Chile, Peru, Argentina and more!

Leave a Reply

%d bloggers like this: